sábado, 17 de novembro de 2012

Por que há regiões onde a tensão é de 110 volts e outras de 220 volts?


Não existem apenas esses dois valores. “No Brasil, a tensão da rede elétrica pública pode ser de 115, 120, 127 ou 220 volts”, explica o engenheiro Márcio Antônio Sens, da Universidade Federal Fluminense, em Niterói, Estado do Rio de Janeiro. A escolha decorre dos equipamentos elétricos que começaram a desembarcar no país a partir de 1879. Os de origem européia tinham tensão entre 220 e 240 volts. Já os americanos variavam entre 108 e 127 volts. No fundo, os sistemas são parecidos e o consumo de energia é idêntico. Mas o de 220 volts tem uma vantagem: a instalação é mais barata, já que podem ser usados fios de cobre menos espessos. Por isso, as regiões que têm rede elétrica mais recente adotaram essa opção. A tendência do futuro, no entanto, é que só existam duas voltagens. “A tensão acabará sendo padronizado em 127 e 220 volts, por imposição do mercado”, prevê Sens. Não é sem tempo (Super, 08/1999).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário